Como escolher o intercâmbio mais barato

Saiba como escolher o destino mais barato para seu intercâmbio cultural

Escolher o destino do seu intercâmbio cultural não é uma tarefa fácil. São dezenas de países e possivelmente centenas de cidades. Apesar de cada destino ser mais adequado para um perfil de estudante, muitos optam por simplesmente escolher o destino mais barato. Aqui você encontra informações sobre como escolher o destino mais barato para seu intercâmbio cultural.

Você pode inicialmente achar que escolher o destino mais barato para seu intercâmbio se resumirá em simplesmente pesquisar algumas opções de cursos com agências e escolher o de menor valor. Mas não é bem assim. Muitos estudantes analisam apenas o valor do programa, como o custo do curso e acomodação. Mas há muito mais a ser considerado na hora da pesquisa.

Aqui você encontra os outros itens que devem ser considerados na hora da pesquisa para garantir que você efetivamente escolha o destino e escola mais baratos para fazer seu curso no exterior.
Sem dúvida o principal gasto da viagem será o valor do curso e acomodação no exterior, mas não deixe de considerar os seguintes itens que influenciarão em muito o custo total do intercâmbio.

Passagem Aérea

Esse é um item de alto valor no orçamento de um intercâmbio. É importante consultar a média de valor da tarifa para cada destino – muitas agências oferecem essa informação. Porém, mais importante do que a média de valor da tarifa, é consultar o custo efetivo da passagem aérea para as datas do seu intercâmbio. Tarifas de passagens aéreas variam muito de acordo com alta/baixa temporada, disponibilidade, entre muitos outros fatores.

Você pode encontrar que um destino inicialmente barato em relação ao curso e acomodação, se torne bem mais caro que outro uma vez que você considerar o custo da passagem aérea.

Na Prática

Olha só esse exemplo. Fizemos uma pesquisa de um voo, ida e volta, partindo de São Paulo. Utilizamos exatamente as mesmas datas para o voo de ida e retorno, considerando um intercâmbio de 4 semanas. Para a pesquisa não consideramos o número de escalas ou cia. aérea.

Para Vancouver, no Canadá, um destino tipicamente com bom custo benefício em relação ao curso e acomodação, o custo do voo, incluindo taxas era de R$3.594,00. Já para Londres, na Inglaterra, o custo era de R$2.810,00. Uma diferença de R$784,00. Se seu intercâmbio for de curta duração, por exemplo, 1 ou 2 meses, essa diferença pode significar bastante no custo total da viagem.

Leia Também:  Imagina um hotel com cerveja no chuveiro, na hidro e nas torneiras do quarto?

Cotação de Passagem Aérea

Visto

O visto é outro item importante para levar em consideração na pesquisa do custo geral do seu intercâmbio. Muitos destinos não exigem visto – pode variar de acordo com a duração e/ou tipo do curso – porém para alguns países é preciso tirar o visto para qualquer tipo entrada, independente do motivo ou duração da estadia.

Não leve em consideração apenas o custo da taxa consular de um determinado visto e sim todo o processo. Por exemplo, o visto americano tem uma etapa presencial, ou seja, você precisa ir fisicamente até um consulado. Se você não reside em uma das 4 cidades que possui um consulado americano – Brasília, Recife, Rio de Janeiro ou São Paulo – terá gastos de deslocamento e estadia.

Na Prática

Mais um exemplo para você fazer suas contas. Consideramos um curso de inglês com duração de 4 meses (16 semanas). Para esse período e tipo de curso, caso opte pela Austrália, terá um custo de visto médio de R$2.000,00. Isso mesmo, dois mil reais.

No momento da pesquisa, a taxa consular era de R$1.612. Além disso teria um custo em torno de R$200/250 com despachante e mais outros custos com Sedex e preparação da documentação.

Se o destino do seu curso fosse alguma cidade do Reino Unido, o custo com visto seria Zero, pois o país permite que brasileiros viajem sem visto para estadias de até 180 dias, 6 meses.

Custo de Vida

Está aqui outro item a considerar. Isso é fato, o custo de vida com acomodação, transporte e alimentação é sim bem diferente entre destinos. E não só de país para país. Mas também de cidade para cidade.

No geral, grandes cidades costumam ter um custo mais elevado do que cidades menores. Por exemplo, comparando Nova Iorque com Portland nos Estados Unidos, Toronto com Calgary no Canadá, ou Londres com Bournemouth na Inglaterra.

Na Prática

Não se desespere na hora de pesquisar o custo de vida nas diferentes cidades. Tem uma ferramenta super legal e fácil de usar para fazer essa pesquisa. O site Numbeo permite a comparação do custo de vida entre diversas cidades no mundo. Olha só como funciona.

  • Escolha uma das cidades que quer comparar. Na hora que começar a digitar o nome da cidade – em inglês – o sistema já mostra as opções disponíveis. No exemplo escolhemos Cidade do Cabo, em inglês Cape Town, na África do Sul.
  • Numbeo - Comparação de Custo de Vida

  • Comece a digitar o nome da outra cidade. O sistema também mostrará as opções disponíveis. Para a comparação, escolhemos Londres, na Inglaterra.
  • Numbeo - Comparação de Custo de Vida

  • O Numbeo mostra uma média da comparação dos custos entre as duas cidades. No exemplo, o custo de vida geral na Cidade do Cabo costuma ser entre 50% e 60% menor que em Londres, o que pode representar uma grande economia, principalmente dependendo da duração da viagem. E veja que o sistema faz a comparação utilizando uma mesma moeda, para que claro, a comparação seja justa. Você pode inclusive escolher o nosso Real, selecionando a sigla BRL.
  • Numbeo - Comparação de Custo de Vida

  • Além de uma comparação geral, o site também mostra a média do custo, e faz a comparação, de diversos itens. Custos de itens no restaurante, mercado, diversão, entre outros.
  • Numbeo - Comparação de Custo de Vida

E é isso. Viu só como existem diversos outros itens a considerar na hora de fazer a pesquisa dos custos do seu intercâmbio? Se você realmente está em busca do intercâmbio mais barato, não considere apenas o valor do curso e acomodação, mas também dos outros itens descritos aqui, como Passagem Aérea, Visto e Custo de Vida do destino.

Porém, não deixe de considerar outras coisas não necessariamente relacionadas ao custo, como simplesmente o destino que você tem muita vontade de ir. Pense também nos pontos turísticos que quer conhecer, um país que culturalmente desperte seu interesse, a cidade que pode oferecer o estilo de vida que você quer, o clima ao qual você mais se adapta… e por aí vai. Você viverá intensamente o destino do seu intercâmbio durante diversas semanas ou meses. É importante considerar muitas coisas na hora de escolher a cidade da sua viagem. Dá uma olhada nessas dicas para ajudar na sua decisão.

Leia Também

Etiquetas: ,

Conteúdo Exclusivo T2S

Receba conteúdo exclusivo no seu e-mail. Relax, aqui não tem SPAM.
Tudo sobre cursos no exterior, bolsas de estudo e promoções de agências de intercâmbio.