Quais são os passaportes mais aceitos do mundo?

O passaporte é o documento básico para qualquer viagem internacional, seja a turismo ou intercâmbio. É o documento de identidade fora do país de nacionalidade. Cada país possui suas regras de imigração e controle de entrada nos aeroportos. Existem algumas nacionalidades que tem uma aceitação maior e podem entrar com facilidade em mais países. Veja quais são os passaportes mais aceitos do mundo.

O primeiro documento que você apresenta quando passa na imigração de qualquer país é seu passaporte. Ele é o documento de identificação internacional e nele é feito o controle da entrada e estadia no destino de viagem.

Cada nacionalidade tem seus acordos de circulação, entrada e necessidade de visto para um determinado país. Nós brasileiros por exemplo, temos nossas regras de imigração que variam conforme o destino. Por exemplo, para alguns países da América Latina e Europa, brasileiros não precisam de visto. Já para a América do Norte (EUA e Canadá) é preciso tirar o visto, além do passaporte.

A empresa de consultoria Henley & Partners e a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata) realizaram um estudo com os passaportes mais aceitos do mundo. O ranking leva em consideração quantos países podem ser visitados sem a necessidade de aplicar para visto.

O passaporte alemão é o documento de viagem mais aceito ao redor do mundo. Com acesso a 177 países, sem precisar de visto. Em segundo lugar fica a Suécia, com acesso a 176 países. Finlândia, França, Itália, Espanha e Reino Unido dividem o terceiro lugar, com 175 países.

BRASIL

A boa notícia nesse ranking é que o passaporte brasileiro não está nas piores posições, pelo contrário. O Brasil ficou em 21º da lista, isento da obrigatoriedade de visto em 153 países!

Leia Também:  Imagina fazer um intercâmbio cultural... no Manchester City?

Se pararmos pra pensar, temos grandes benefícios comparado com outros países.

Países da União Européia, Reino Unido, Irlanda, África do Sul, Nova Zelândia, Argentina, Uruguai, Chile, são alguns exemplos de países que brasileiros não precisam de visto para entrada. Isso, claro, considerando viagens a turismo ou cursos de curta duração.

Se a viagem é para os países do Mercosul, nem de passaporte é preciso. Apenas o RG já basta para entrada nos vizinhos! Uma baita vantagem.

Conteúdo Exclusivo T2S

Receba conteúdo exclusivo no seu e-mail. Relax, aqui não tem SPAM.
Tudo sobre cursos no exterior, bolsas de estudo e promoções de agências de intercâmbio.