Costumes Ofensivos em Outros Países

Conheça alguns costumes que são considerados ofensivos em outros países

Faz parte do intercâmbio e de qualquer viagem internacional conhecer e se adequar à cultura e hábitos locais. Alguns costumes que são comuns para muitas pessoas, não são tão normais assim em outras partes do mundo, e muitos são considerados ofensivos.

Durante um intercâmbio, muita gente faz viagens a turismo para conhecer outros países, com cultura totalmente diferente. Por exemplo, quem faz um intercâmbio, principalmente de longa duração, na Europa tem a oportunidade de viajar para o Marrocos e outros países no norte da África, por não ser uma distância tão grande assim. Quem faz um intercâmbio na Austrália ou Nova Zelândia, pode programar uma trip para conhecer alguns países da Ásia.

Em alguns países há um choque cultural muito grande, de hábitos e tradições. Veja alguns exemplos de costumes que podem ser normais para muitos, mas que são considerados ofensivos em outros países:

Gorjeta

Uma prática padrão nos Estados Unidos, Canadá e em diversos outros países. Mas no Japão e na Coréia do Sul é visto como um insulto. Lá os trabalhadores têm o conceito de ser pago pelo serviço que são contratados a fazer, e não precisam de nenhum tipo de incentivo adicional.

Sentar no banco de trás do táxi

Aqui no Brasil muita gente tem o costume de sentar no banco de trás do táxi. Na Austrália, Nova Zelândia, Holanda, Escócia e na Irlanda não é visto como uma atitude muito legal. Os motoristas nesses países encaram isso como uma questão de igualdade.

Fazer um “joinha”

Fazer o gesto mostrando o polegar para cima é sinônimo de algo positivo ou afirmação para nós. Mas no Oriente Médio, Grécia, Rússia e na África Ocidental esse gesto tem uma conotação completamente ofensiva, semelhante ao dedo do meio!

Leia Também:  O que é um Stopover e como conhecer um país sem custo adicional

Rir com a boca aberta

No Japão, dar risada mostrando os dentes é considerado uma falta de educação. Parecido com comer de boca aberta para nós.

Colocar uma mão no bolso

Colocar uma mão no bolso é considerado um gesto arrogante na Turquia e na Coréia do Sul.

Abrir um presente na frente de quem deu

Em países asiáticos, como na Índia e na China, é considerado uma falta de educação. Eles enxergam como um sinal de ganância.

Não tirar os sapatos para entrar na casa

Na grande maioria dos países da Ásia e Caribe é um hábito tirar os sapatos para entrar na casa de alguém.

Chegar um pouco atrasado

Nós brasileiros não somos os campeões mundiais em pontualidade, certo?! Por aqui é normal tanto em compromissos profissionais como também em pessoais chegar aqueles famosos 10-15 minutinhos atrasado. Mas em povos que têm o hábito da pontualidade, como os britânicos e alemães, não é uma atitude muito legal. É importante ficar atento com o horários nesses países!

Leia Também

Etiquetas: , , ,

Conteúdo Exclusivo T2S

Receba conteúdo exclusivo no seu e-mail. Relax, aqui não tem SPAM.
Tudo sobre cursos no exterior, bolsas de estudo e promoções de agências de intercâmbio.